Páginas

quarta-feira, 7 de março de 2012

Tempos modernos... Ou tempos de desordem?




Eu devo ter nascido na época errada...
Este lugar não é pra mim.
Não entendo os costumes,
A falta de valores,
As roupas (ou a falta delas),
As musicas,
A falta de respeito e compreensão...
Acima de tudo a falta de cultura.
Não compreendo o que essas pessoas tem na cabeça
Não vejo a graça que elas veem fazendo de tudo para terem um segundo sob os holofotes da fama,
Não vejo o motivo irracional que leva um rapaz matar a namorada por terem rompido um namoro
Não vejo letra, ritmo ou qualquer outra coisa em algumas musicas... Se é que se pode chamar aquilo de musica.
As pessoas não pensam mais em amar e ser amadas, pensam em simplesmente sexo. Sem compromisso, casual, algo que não passara de um momento de prazer.
Onde foi parar o romantismo? Tudo bem que algumas mulheres exigem seus direitos, acham machismo um cara um querer pagar a conta ou abrir uma porta...
Nao eu não sou machista, nem feminista, acho que cada um tem que ceder um pouco para tudo dar certo... É raro um homem dando flores, abrindo portas, ou fazendo outras gentilezas.
Esse mundo “moderno” as vezes me confunde. EU concordo com a tecnologia... Amo ela afinal sem ela, sem blogs ( \o/ ) mas a questão de valores, família, amor... tudo se perdeu... Tudo perdido numa imensidão de coisas sem nexo, corações partidos, filhos sem pai, garotas vulgares e outros tantos...
Se um dia entender eu escrevo mais.

sábado, 3 de março de 2012

Bad Dreams or Bad Things...




Eu me perguntava dia após dia como seria estar em seus braços...
Sentir seus lábios tomarem os meus no meio da cozinha,
Seus braços fortes me carregando me sentando em cima do balcão
Abrindo as pernas acariciando-me sobre o leve tecido da calcinha
Seu riso malicioso no meu ouvido
Fazendo-me umedecer...
Senti-lo mordiscar-me o pescoço e o colo ate chegar a meus seios...
Ouvir meu gemido me surpreender e ver seu sorriso vitorioso
Morder o lábio maliciosamente e desce a mão por seu abdome...
Acariciar o volume sobre sua calça e sentir seu corpo se arrepiar com isso
Tomar a situação...
Puxá-lo contra mim, mordendo seu pescoço
Colocar a mão por dentro de sua calça acariciando seu membro ereto.
Senti-lo me puxar selvagemente para seus braços
Rasgar minhas roupas e me tomar ali mesmo...
Fazer-me sua
Nossos gemidos se misturando
Você tomando-me duramente sob o balcão da cozinha
Puxando meus cabelos de leve
Fazendo com que eu chegue ao ápice...
Acordava arfante olhando o teto banhada pela luz do luar...
Maldito...
Queria ter uma noite calma desde que lhe conheci
Desde que lhe conheci e descobri o quao longe de mim você vive.

sexta-feira, 2 de março de 2012

In My Mouth...



O batom escarlate em meus labios o fazia me desejar...

Poderia rir desdenhosa que você ainda me desejaria...
Provoca-lo, seduzi-lo
Minha boca apenas se movia vagarosamente enquanto eu falava
Ele mal piscava observando a sutileza de minha língua ao umedecer meus labios
Minha boca o seduzia e eu sabia disso...
Mordiscava, fazia bico, e sentia o olhar dele ali...
Fixo...
Quando ele sussurrou:
- Me beija...
Sorri mordendo o labio olhando:
- Quando você aprender a olhar nos meus olhos um dia ganhe um beijo.
O rosto dele se desfez numa carranca de raiva me pegando pelo braço. Sorria olhando-o sem um pingo de medo no olhar:
- O que vai fazer? Roubar um beijo? Pressionar seus labios contra os meus?
Ele sorria maliciosamente olhando em meus olhos, seu olhar era profundo e me fez arrepiar...
- Nao... Estava apenas reparando nos belos olhos claros que você tem... Seu olhar me leva a olhar para seus labios... Pois sei que sairão deles o que seus olhos gritam.
O sorriso que se abriu em meus labios o fez sorrir e me beijar carinhosamente...
Desejo descrito em cada toque,  gemisdos em cada movimento sutil de lingua,
Seu sabor em meus labios, minhas unhas em sua nuca puxava-o para tomar mais de mim.
Arfante senti seu olhar serio em meus olhos.
- Belos labios...

Just a Kiss...




Podia ser simplesmente um beijo
Mas pelo beijo passei a ama-lo
Depois de algumas semanas conversando via MSN
Duas vidas ferradas... Dois corações destroçados
Um encontro desastroso...
Dois timidos mudos e de repente ao som de One...
O primeiro beijo... Simples, apaixonado, timido
Uma mão acariciava o rosto e as bocas se encarregavam do resto
um beijo apaixonado e demorado
Uma reação em cadeia
O coração dispara... Sentia o corpo tremer ao ouvir sua voz em cada ligação
Virar a noite conversando com você...
Nao sentir sono quando estamos juntos...
É meio estranho...
Mas é bom.
Interessante como um beijo desperta tantas coisas na gente.
Um beijo que na maioria das vezes é só mais um numero
Pra uma pessoa que ama é o inicio do resto das suas vidas.

Meu castelo de mentiras...


Olhava pra aquela casa...
Me arrepiava diante das lembranças
Boas ate certo ponto.
Dolorosas em todo o resto.
O presente não era como o arco-iris colorido e alegre que havia na parede.
Quando se descobre que tudo que você viveu foi uma grande mentira
As coisas começam a fazer sentindo e tomar o seu lugar de direito
Ela nunca foi um exemplo...
Ele era humilhado...
E mesmo assim sorria ao chegar cansado de um dia de serviço
Deitar no sofa para ver o jornal
E ouvir os filhos o aporrinhando.
Enquanto ela...
Bem ela acendia seu cigarro e voltava atenção para mais um torneio de buraco
As crianças se sentiam um tanto largadas,
Uniam-se...
Era a única esperança que tinham...
Apesar das brigas, estavam sempre juntos.
Olhando as fotos na parede ria com desdém
Mentiras...
Era apenas isso que cada foto em família representava
Um motivo tolo para uma traição
E tudo veio abaixo...
Dar uma chance... dar outra...
Mas persistir no erro é querer demais.
Deus perdoa... Mas a consequencia vem
De nada lhe adianta dobrar o joelho e orar...
O que você tinha você jogou fora.
Apenas para satisfazer sua curiosidade
Sua filha te atura...
Teu filho tem asco a você
E o homem que um dia te amou...
Apenas a quer longe.
Então cuidado ao resolver “saber como é tal coisa”
Se você viu a desgraça antes
Por que repeti-la?
Usar de Bom senso
E lembrar:
Se você ama demonstre...
Porque depois que você perde
Uma demonstração nao vale de nada.



Why?




Olhando o céu noturno imaginando-o aqui.
Sua presença me acalma, sua voz me excita...
Mas acima de tudo só de estar do seu lado estaria feliz.
Estaria bem...
Me faria esquecer das tristezas e de todo resto
Seriamos apenas eu e você...
Suspirei sentindo as lagrimas em meu rosto.
Mas era impossível... Nada mais era possível.
Não nesse momento... Não nessa vida.
Porque o destino foi cruel...
Ou teria apenas você sido um idiota?
Ao dizer que me amava e mesmo assim
Negar e simplesmente terminar comigo.
A vida foi má?
Ou você jugou demais o pouco que viu?
Como começou, terminou.
Por uma conversa... Mas sem sorrisos
Apenas com lagrimas e magoas
Uma ferida aberta ainda sangra...
E o coração ainda pulsa...
Clamando por um pingo de amor
Um pouco do que eu dei...
Só um pouco do que eu dei sem pensar,
Sem exitar,
Sem me importar com a distancia ou qualquer outra coisa
E perdi...
Perdi mas nao me importo.
Continuo sentindo o coração pulsar
Com o peito aberto vejo o sangue escorrer a cada palpitação
Porque? Simplesmente porque te amo.
Te amo mas acabou
Te amo e a sua chance passou.
Me pergunto o porque
A cada eu te amo que você me diz.
Se há tanto amor assim
Porque partiu meu coração...

Alguem como Você...



Eu sentia o coração disparar ao te ver...
O rosto corava...
E meu estomago dava sinal de vida.
Poderia ser o que for...
Mas colocava um sorriso no meu rosto.
So de imagina-lo proximo a mim era...
Era um sonho...
Ou eu estaria acordando de um?
Nao importa... Chorei... Sofri
Mas seria feliz. Feliz por te-lo perto
Imaginar o seu toque,
Seu abraço,
Seus beijos...
O corpo arrepiava em antecipação so de imagina-lo.
Imaginar um sorriso iluminar seu rosto ao me ver...
Imagina-lo corar quando eu lhe abraçasse.
Eu queria apenas isso...
Alguem como você.
Alguem que me tire do serio,
Me irrite, mas me faça rir...
Me mime, mas me repreenda quando necessario
Alguem que ria das minhas piadas sem graça...
Pira minha cabeça... Me faz de boba...
Me magoa, mesmo sem querer... mas acima de tudo me ama.
Um abraço e meu dia seria salvo
Se transformaria no dia mais memoravel de minha vida
Seria o paraiso...